17.2.10

O que restou de mim.

Hoje sou tudo que deixei de fazer, sou as brincadeiras, os sorrisos e as lágrimas, a tristeza e a saudade...sou todas as conquistas acompanhadas de fracassos, sou a criança assustada e o medo que tenho de perder. Sou tudo aquilo que te acalma, tudo que te afasta. Sou o que o tempo preferiu ignorar, o parque de diversões quando você precisar, sou o que veio e o que foi. O sol e a lua, sou eu e você, somos nós. Sou tudo, e quase nada, sou as palavras não ditas, aquelas que você não soube falar, sou alguns sorrisos forçados, as lágrimas do teu rosto, um vidro quebrado, um laço mal dado, sou o que você esqueceu de guardar, o que preferiu não enxergar, sou eu e você, somos nós.

5 comentários:

  1. [no braço de ferro com o nosso coração, as regras são claras; o vencedor tem que ser sempre o mesmo!]

    um imenso abraço, Elliza

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  2. lindo o texto *-*
    adoro o seu blog, e por isso tem um selinho pra você la no meu <3

    ResponderExcluir
  3. Lindo *,*
    mais você poderia me disser em qual site acha as fotos são lindas !
    Beijão e tá lindo seu blog
    Ritha....

    ResponderExcluir
  4. mt bom o seu texto, gostei demais desse e do q esta por primeiro no blog!

    ResponderExcluir

Gostou?